Juliana da Silva Bragança

Autora do livro "Preso na gaiola: a criminalização do funk carioca nas páginas do Jornal do Brasil (1990-1999)", publicado no ano de 2020 pela Editora Appris. O livro "Preso na Gaiola" é um convite para mergulhar a fundo na história do movimento funk carioca e refletir sobre a criminalização que assola os funkeiros ao longo destes 30 anos de existência do funk no Brasil. Professora efetiva da Secretaria de Educação do Estado da Bahia. Possui ampla experiência no ensino de História nos níveis Fundamental, Médio e Superior. Criou e gerencia o perfil @o.funk.carioca no Instagram, onde compartilha com o grande público os resultados de sua pesquisa. Mestra em História pelo Programa de Pós Graduação em História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). "'Porque o funk está preso na gaiola' (?): A criminalização do funk carioca nas páginas do Jornal do Brasil (1990-1999)" foi o título da dissertação defendida ao final do curso, a qual teve como objetivo principal encontrar explicações para a criminalização do movimento funk carioca nos anos 1990 e que se reflete ainda na atualidade. Graduada em História pela Universidade Veiga de Almeida (UVA), com bolsa integral concedida pelo Programa Universidade Para Todos (PROUNI), onde iniciou o desenvolvimento de suas pesquisas em relação ao funk carioca.