Akwaeke Emezi

Nasceu em Umuahia, mas cresceu em Aba, na Nigéria. Em 2017, recebeu uma bolsa do Global Arts Fund para realizar a videoarte de seu projeto The Unblinding, e uma bolsa Sozopol Fellowship for Creative Nonfiction. Os textos de Akwaeke foram publicados pela T Magazine, Dazed Magazine, The Cut, Buzzfeed, Granta Online, Vogue.com, e Commonwealth Writers, entre outros. Suas escritas de memórias (Who Will Claim You?) foram incluídas na “Best Culture Writing of 2015” da The Fader, e seu curta experimental UDUDEAGU ganhou o Audience Award for Best Short Experimental no BlackStar Film Festival de 2014. Seu conto Who Is Like God ganhou o Commonwealth Short Story Prize for Africa de 2017. Akwaeke está entre os homenageados da National Book Foundation '5 Under 35' de 2018. Seu romance autobiográfico de estreia, Freshwater, é finalista para o First Novel Prize da Center for Fiction e foi pré-finalista do Aspen Words Literary Prize. Traduzido para seis línguas, Freshwater é um dos 100 Notable Books de 2018 do jornal New York Times, e foi pré-finalista do Carnegie Medal of Excellence e do The Brooklyn Public Library Literary Prize. Também foi Escolha do Editor do New York Times Book Review. Recebeu resenhas elogiosas do New York Times, Wall Street Journal, New Yorker, Guardian, e LA Times, entre outros. Freshwater é finalista do “Women’s Prize for Fiction” de 2019, um dos prêmios literários de maior prestígio do Reino Unido.